Versos Intimos


 

 

 

A Busca

 

Seguiu-se aquele silêncio... ela olhou pro lado e disfarçou uma lágrima...

Tanto tempo correndo atrás... tanto tempo imaginando antes de dormir, inventando uma possibilidade... nada resistira... depois de três meses daquele dia, em que ele pôs fim ao relacionamento, suas amigas a forçaram a estar pronta, te ensinaram a "se abrir"... a permitir... nada resolvera... ela não queria que aquele sonho se desfizesse... o sonho estava lá... passaram cinco, seis meses e essa “abertura” de que tanto falavam não aparecia... se relacionava no vazio... o sexo era triste... o sonho persistia... forçosamente deixou de ter pena de si e entrou em um relacionamento... “amor se cura com outro amor!”... estava disposta a ver a prova... passaram um ano e esse amor não veio... o vazio a consumia... o sonho persistia... ela esperava redenção ainda nos pensamentos antes de dormir... ele reconheceria o erro e voltariam a sonhar juntos... todas as festas, todos os mimos... mesmo assim ela abandonou o relacionamento que não lhe curava... pensou que tinha encontrado a pessoa errada... passou o tempo... namoros curtos... pequenos romances... apareceram prazeres... o sonho incomodava de forma intermitente suas madrugadas... seria a cura? ... passado dois anos o telefone toca... um simples “preciso te falar” faz o sonho reaparecer com toda força... Esperança? Expectativa? Sorte? ... se aprontou... tudo parecia lindo... mas, alguma coisa estava errada... cadê aquela força... os olhos dele brilhavam... a noite tinha sido maravilhosa... estava naquele apartamento que tanto conhecia e que ansiava voltar... ele a despiu como sempre fazia... seus corpos se encontraram com muito desejo e saudade... contudo algo estava errado... chegaram ao êxtase...

Seguiu-se aquele silêncio... ela olhou pro lado e disfarçou uma lágrima...

O sonho tinha acabado...

 

 

 



Escrito por Jardson às 03h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
 
Meu perfil


BRASIL, Nordeste, SALVADOR, Homem, de 26 a 35 anos, Portuguese



Histórico


Votação
Dê uma nota para
meu blog



Outros sites
 Jonathas Fragoso
 Ramon Alcantara
 Diario de Enzo de Marco
 Livro dos Dias